Educadora FM

Depois de 40 anos, van usada pelo Aerosmith antes da fama é encontrada abandonada em uma mata

Publicado em 09/08/2018 16:11

Uma peça rara e que faz parte da história do rock foi encontrada em uma mata fechada de uma fazenda em Chesterfield, no Estado de Massachusetts. Trata-se da versão americana da van Harvester Metro, modelo 1964, que serviu como meio de transporte do grupo Aerosmith em seus primeiros anos estrada. A relíquia foi resgatada em um episódio recente da série "Caçadores de Relíquias", do History Channel. Antes da fama, Steven Tyler e companhia usavam o veículo para rodar a região de New England no início da década de 1970, quando se apresentavam em pequenos clubes e ainda não haviam lançado seu primeiro disco. Segundo o proprietário da fazenda, um homem chamado Phil, a van já estava lá, enferrujada e sujeita às variações meteorológicas, quando adquiriu a propriedade, localizada a cerca de 160 km a oeste de Boston, base do Aerosmith. A autenticidade do carro, que tem o nome da banda na lateria lateral, foi confirmada por Ray Tabano, membro original e um dos fundadores do Aerosmith. Ele esteve no local após receber uma ligação de Joe Perry. O guitarrista do Aerosmith foi contatado e recebeu as imagens do carro por intermédio de Dan Auerbach, do Black Keys, que deu uma forcinha aos produtores "Caçadores de Relíquias". "Tenho medo de dizer há quanto tempo foi, mas já faz 40 anos desde que estivemos nessa coisa", disse Tabano. "Nós dirigíamos de Boston até New Hampshire para ganhar US$ 125 por show. Então, depois do combustível, do pedágio, da comida e de volta, cada um de nós embolsava US$ 3." Os tempos difíceis ficaram para trás. Depois de fritar muita borracha de pneu, o Aerosmith assinou com a gravadora Columbia em 1972 e em poucos anos se tornou uma das bandas mais populares dos Estados Unidos, o que torna a van uma valiosa peça de colecionador. Não por acaso, ela acabou vendida por Phil aos apresentadores Frank Fritz e Mike Wolfe por US$ 25 mil. Fonte/Reprodução: UOL