Educadora FM

Roger Waters desafia Maroon 5 a fazer protesto no Super Bowl

Publicado em 01/02/2019 10:04

O show do intervalo do Super Bowl em 2019 já está dando o que falar. Conforme noticiado anteriormente, a NFL, liga de futebol americano nos Estados Unidos teve sérios problemas para conseguir a atração desse ano já que vários dos artistas convidados se recusaram a participar da festa. Isso porque os músicos estavam ficando ao lado de Colin Kaepernick, jogador de futebol americano que iniciou uma série de protestos ao se ajoelhar durante a execução do hino nacional dos EUA antes dos jogos. A atitude era uma forma de mostrar que Colin e vários de seus colegas estavam ao lado de amigos e familiares de cidadãos negros que foram mortos pela polícia brutalmente. Maroon 5 Quem topou participar foi a banda de pop/rock Maroon 5, e as coisas não estão indo lá muito bem para os caras. Primeiro a tradicional coletiva de imprensa que é dada pela atração do show do intervalo do Super Bowl todo ano foi cancelada, e agora Roger Waters se manifestou publicamente, "desafiando" o Maroon 5 e seus convidados Travis Scott (que só aceitou o convite se a NFL fizesse uma doação a organizações que lutam por "justiça social") e Big Boi a se ajoelharem como Colin Kaepernick durante seu show: "Eu os desafio a se ajoelharem como solidariedade a Colin Kapernick, e fazê-lo por cada criança morta a tiros nas perigosas ruas, fazê-lo por cada mãe e cada pai, cada irmão e cada irmã desolados." Waters ainda falou sobre Kaepernick especificamente, e também publicou um vídeo onde a sua banda se ajoelhou durante show nos Estados Unidos em 2017: "Nós fizemos isso como solidariedade a Colin Kaepernick, quarterback do San Francisco, e seu gesto de protesto contra o racismo endêmico e a força muitas vezes mortal apresentada pelo departamento de polícia nesse país. No próximo Domingo se completarão 36 Domingos desde que ele [Colin Kaepernick] foi expulso do seu jogo nacional. Essa não é uma vitória para a NFL, é uma derrota, já que vocês negaram aos fãs de futebol americano em todo canto o prazer e a honra de assistir a um dos maiores quarterbacks que já jogaram esse jogo, e vocês mostraram suas cores verdadeiras. Vocês podem sentar nas suas salas de reunião e acender os seus charutos nas suas caixas de vidro, mas a sua ação é um dedo no olho de tudo que é decente nos Estados Unidos. Colin Kaepernick é um herói Americano. Se os EUA tiverem um futuro, serão os Colin Kaepernicks desse mundo que irão levá-los até lá, e na verdade, é Colin Kaepernick que já está levando vocês até lá." Super Bowl 2019 O Super Bowl LIII acontecerá no próximo Domingo (03/02) e aqui no Brasil será transmitido pela ESPN. Fonte/Reprodução: Tenho Mais Discos Que Amigos