Educadora FM

Macklemore mistura festa e protesto na estreia no Brasil em show pré-Lolla

Publicado em 05/04/2019 10:34

O rapper Macklemore cantou na noite de 'esquenta' no Autódromo de Interlagos, nesta quinta-feira (4), um dia antes do início oficial do festival Lollapalooza. Foi o primeiro show da carreira dele no Brasil. Teve uma parte séria, com discurso bravo contra o preconceito e o hino pró-LGBT Same love, e outra zoeira, com direito a concurso de dança com fãs no palco. O show teve cerca de uma hora. Após a prévia, no evento promocional chamado Onix Day (que também tem Sam Smith e Portugal the Man), Macklemore faz seu show no festival na sexta-feira (5). • Para quem não acompanha a carreira do Macklemore e quer uma comparação com um brasileiro que também está nesse Lollapalooza, o show mostrou que o rapper de Seattle é mais ou menos um Gabriel O Pensador que deu certo: • São rappers mais velhos, brancos, que fazem um hip hop mais comercial e heterodoxo, com mistura de outros estilos. -Se Gabriel é Pensador, Macklemore é "professor" (no início, o nome artístico dele era Professor Macklemore). Gostam de refrões com jeito de hino para lecionar sobre drogas, política e outras críticas sociais. • Não estão na melhor fase da carreira e já tiveram mais sucesso. Mas o professor americano, aos 35 anos, está envelhecendo melhor que o pensador brasileiro: • Não ficou parado no tempo, e está ligado no hip hop atual sem forçar, como mostra em "Willy Wonka", com o astro do trap Offset. • É menos genérico e mais incisivo nas tais lições. "Same love", que veio no fim do show, causou polêmica ao criticar a homofobia no rap e se engajou na luta pelo casamento gay nos EUA. "Não importa a cor da sua pele, sua orientação sexual, o banheiro que você escolhe usar, a origem do seu passaporte, você será sempre bem vindo nesse show", ele disse, bravo, antes de "Same Love". Antes do bis, grande parte do público deu gritos contra o presidente Jair Bolsonaro. Mas ele também aproveita para ocupar um espaço meio vazio no rap atual: o de não se levar tanto a sério. Faz um show festivo. Sabe divertir o público, mas passa dá conta quando aparece fantasiado e depois promove o tal concurso nono de dança no palco com fãs. Macklemore é um artista palatável até demais. Mas pelo menos tem um discurso direto e ligado na realidade. É difícil apontar o dedo para ele, mas também será difícil ele reunir uma multidão com a mão para cima na sexta. Ainda mais com o show dele ao mesmo tempo dos headliners Arctic Monkeys e do DJ Tiesto. Deve ser um show menor, mas digno. Setlist Lolla: • "Ain't Gonna Die Tonight" • "Thrift Shop" • "White Walls" • "Same Love" • "These Days" • "And We Danced" • "Dance Off" • "Can't Hold Us" • "Good Old Days" • "Downtown" • "Glorious" Fonte/Reprodução: G1