Educadora FM

Eminem apoia agressão de Chris Brown à Rihanna em trecho não lançado de música

Publicado em 05/11/2019 17:00

Verso vazado na internet faria parte da faixa "Things Get Worse", divulgada em 2011 por B.o.B em parceria com o rapper Nesta segunda-feira (4), um internauta divulgou no reddit um suposto trecho de um rap descartado por Eminem, no qual o músico rima sobre apoiar a atitude de Chris Brown ao ter cometido agressão física contra Rihanna, em 2009. No áudio, uma voz que seria supostamente do rapper canta: "Of course I side with Chris Brown. I'd beat a b**ch down too if she gave my dick an itch now", que no português, ficaria "É claro que estou do lado de Chris Brown. Eu também agrediria uma vadia se ela causasse alergia ao meu pau". Segundo a publicação original, o polêmico verso faria parte da música "Things Get Worse", lançado pelo rapper B.o.B em parceria com Eminem, no álbum "E.P.I.C. (Every Play is Crucial)", de 2011. A frase, que cita o episódio em que Chris Brown atacou fisicamente Rihanna após uma festa da premiação do Grammy em 2009, teria sido escrita meses após o ocorrido. O áudio em questão pode ser ouvido abaixo, entre uma narração automática destinada a proteger os direitos autorais. Ouça:

Em 2010, Eminem trabalhou pela primeira vez com Rihanna, na faixa "Love The Way You Lie", que, posteriormente, ganhou uma segunda parte lançada desta vez no álbum da cantora. Os dois retomaram a parceria em 2013, no single "The Monster (Feat. Rihanna)".

Eminem tem um histórico de controvérsias com suas letras pela forma como ele descreve atitudes com mulheres. Na própria música "Things Get Worse (Ft. Eminem)", ele se refere violentamente à várias celebridades femininas, incluindo a atriz Dakota Fanning, que na época ainda era menor de idade.

"Kick down Dakota Fanning's front door while the whore is tanning / ("He can't say whore"), of course he can, man / He just saw her fanny / Then murdered her while he danced around the room and wore her panties"

"Chutar a porta da Dakota Fanning enquanto a p*ta está se bronzeando / ("Ele não pode dizer p*ta"), claro que pode, cara / Ele acabou de ver a bunda dela / E aí assassiná-la enquanto ele dança pela sala usando as calcinhas dela"

Em 1999, Eminem foi processado por sua mãe por difamação pelas letras do EP "The Slim Shady". O rapper também foi processado por sua ex-esposa, Kimberly Scott, pela música "Kim", na qual ele fala que a assassinou violentamente.

Em 2014, outro verso do músico chamou a atenção. Na faixa "Vegas", do álbum "Shady XV", Eminem canta sobre forçar um ato sexual com Iggy Azalea. Já em 2018, o cantor volta a citar Rihanna, no single "Killshot", no qual ele fala sobre ter "deixado chupões" no pescoço da cantora.

O próprio rapper já utilizou suas letras para ironizar as polêmicas em torno delas e para falar sobre sua falta de filtro com as palavras, justificando-as como ficção, nas quais ele encarna um personagem. Em "Criminal", lançada no "The Marshall Mathers LP", de 2000, Eminem inicia o primeiro verso questionando o ouvinte sobre polemizar suas músicas:

"A lot of people ask me stupid fuckin' questions A lot of people think that what I say on a record Or what I talk about on a record That I actually do in real life or that I believe in it Or if I say that I wanna kill somebody That I'm actually gonna do it or that I believe in it Well, shit, if you believe that, then I'll kill you You know why? ‘Cause I'm a criminal! Criminal! You're goddamn right I'm a criminal! Yeah, I'm a criminal!"

"Muitas pessoas me perguntam coisas estúpidas Muitas pessoas acham que o que eu digo em um disco Ou o sobre o que falo em um disco É o que realmente faço na vida real ou é o que eu acredito Ou que se eu disser que quero matar alguém Que eu vou realmente matar alguém ou que acredito nisso Bem, droga, se você acredita nisso, então, eu vou te matar Sabe por que? Porque eu sou um criminoso! Criminoso! Você está completamente certo Eu sou um criminoso! Sim, eu sou um criminoso!"

Sobre o suposto verso vazado na internet hoje (4), nem Eminem ou Rihanna se pronunciaram sobre o assunto!

Fonte/Reprodução: Vagalume